Você sabia? cachorros não gostam de quem não gosta de seus donos

Os cães não são apenas o “melhor amigo” do homem, mas também podem ser “inimigos” de quem não gosta da gente.

Quem tem um animal sabe bem a felicidade que é, eles trazem tanta alegria a uma casa que mesmo que a gente saia só para para levar o lixo ou comprar pão apenas por 5 minutos, quando a gente volta, a receção será cheia de caricias e entusiasmo.

Mas não é só isso, ter um cão bem estimado significa ter um amigo fiel até ao fim da sua vida, ele quando sente você triste vai procurar te dar carinho, ou quando sente você em perigo, procurará te defender.

Com isso em mente, pesquisadores da Universidade de Kyoto, no Japão, descobriram que cachorros não gostam de quem não gosta de seus donos e, além disso, recusam alimentos oferecidos por pessoas que desprezam seus donos.

Segundo o estudo, eles conseguem tirar conclusões através de determinados comportamentos dos humanos.
O estudo feito, testou 54 cachorros divididos em três grupos diferentes
O primeiro grupo recebeu alimento de uma pessoa que se negou ajudar o dono a abrir uma lata de comida, mas em simultâneo os animais poderiam escolher uma refeição de uma outra pessoa que não demonstrou sentimento naquela cena.

O segundo grupo, o cão podia receber alimento da pessoa que ajudou a abrir a lata de comida ao seu dono, ou de uma pessoa que estava de fora e que também não demonstrou sentimento na cena.

No terceiro grupo eles podiam escolher entre duas pessoas que não tiveram qualquer contacto com o seu dono.

De todos os testes feitos, no primeiro grupo apenas um cão aceitou comida da pessoa que não ajudou o seu dono, no outros dois grupos eles não demonstraram preferência por quem lhes serviu a comida.

“Pela primeira vez, medimos como os cães fazem avaliações sociais e emocionais das pessoas, sem depender de seu interesse direto”, afirma Fujita.

Como referido acima, os pesquisadores sugerem que os cachorros são capazes de julgar um indivíduo com base em seu comportamento, um importante traço que ajuda na cooperação social.

Poucas espécies, como os homens e os primatas, apresentam essa capacidade.