Jovem lê ‘Harry Potter’ todos os dias a gatinho cego de abrigo para ganhar sua confiança

Os livros do “Harry Potter” tornaram mais magica a vida de muitos – onde podemos incluir um gato bem especial do estado de Virginia, EUA, chamado Stevie Wonder.

Stevie, que é um gatinho cego, chegou ao Richmond SPCA através de um outro abrigo (bem cheio). Ele foi originalmente encontrado a vaguear pelas ruas sozinho – e o novo ambiente cheio de animais era demasiado para ele. Ele permanecia escondido a maior parte do tempo e se recusava a comer.

As coisas melhoraram um pouco quando o abrigo decidiu transferir o pequeno Stevie de 5 anos para um local onde pudesse viver apenas com gatos. Apesar de ele ficar assustado muito facilmente na presença das pessoas – em maio ele conheceu alguém, que iria fazer algo mais do que toda a gente, apenas para o fazer sentir melhor, e esse seria: Price McIntyre, um voluntário do abrigo de 19 anos de idade.

McIntyre desenvolveu um particular afeto pelo gatinho e engrenou em uma missão pessoal, para ajudar o gatinho a se tornar mais confiante e confortável junto de pessoas: O jovem queria começar a ler para ele.

“A SPCA tem algumas fantasias alusivas a Hogwarts e eu pensei, ‘Ok, se eu quero ler para ele, terá de ser Harry Potter'”, disse McIntyre ao The Dodo.

Afinal, Stevie já tinha sido anteriormente seleccionado como um “pertencente” de uma casa de Hogwarts, a: Hufflepuff. Tudo por causa de uma ideia de um outro voluntário do abrigo, para tornar mais divertida e fácil a ligação de possíveis adotantes aos animais e às suas personalidades.

Os Hufflepuffs são associados à lealdade e paciência – e felizmente, McIntyre tinha de sobra das duas.

“A primeira vez que conheci o Stevie, ele estava tudo menos interessado em interagir comigo” disse ele. “Eu o continuei visitando até que ele começou a ficar mais recetivo e só isso levou algumas semanas.”

A cada dia, McIntyre simplesmente visitava o Stevie e lia para ele durante algumas horas. Stevie ficava prendido a cada palavra – e começou claramente a gostar da companhia. Após um par de semanas, ele começou a se enroscar do lado de McIntyre  para ouvir melhor a sua história.

Agora, McIntyre visita o seu amigo todos os dias, tal como um relógio suíço. E às sextas ele se veste a preceito, tal como um bom pertencente à casa de Hufflepuff.

Stevie não só fica mais confortável perto de McIntyre, como começou a ficar mais recetivo a outras pessoas.

“Ele é um gatinho bem amoroso, mas ele gosta de se aproximar você primeiro. “disse Tabitha Treloar, a directora de comuniação do abrigo. “Price fez maravilhas pelo Stevie, ajudando-o a se tornar mais descontraído. Eles formaram uma bela ligação sem dúvida”.

Neste momento, Stevie ganhou tanta confiança que se aventura a explorar o quarto todo – e está tão confiante que algumas pessoas nem se apercebem que ele é cego.

“Ele aprendeu muito bem a andar por todo o espaço,” disse Treloar. “Ele salta em todas as prateleiras do quarto, sabe onde está a comida e encontra a sua caixa de areia sem qualquer problema. Ele está bem confortável agora.”

E já que eles se tornaram tão próximos, McIntyre planeia adotar o pequenote num futuro bem próximo.

“Assim que tiver luz verde da minha mãe, a primeira coisa que farei será vir aqui pegar nele e levá-lo comigo, disse McIntyre.

Até a esse momento, o par continuara a percorrer toda a saga de “Harry Potter” juntos – aprendendo em conjunto até onde um pouco de bravura e amizade os poderá levar.

“He lets me pet him now and kiss his head, and he’s become such a sweetheart,” McIntyre said. “It took a while, but it’s worth it.”

“Ele agora me deixa acaricia-lo e beijar a cabeça. Ele se tornou num fofinho carinhoso,” disse McIntyre. “Demorou um pouco mas valeu a pena.”


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado