Gato se esconde em carro e aparece no velório de sua dona que morreu em um acidente de ônibus

Um gato encontrado no velório Luzia Aparecida Alencar dos Santos, de 32 anos, e da sua filha, Júlia dos Santos, de três anos, despertou a curiosidade de quem estava no local. As duas foram vítimas do acidente com um ônibus de turismo que retornava para a Baixada Santista após um passeio em Campos do Jordão, no interior de São Paulo.

De acordo com parentes das falecidas, o felino era o animal de estimação da menina, e se pensa que teria aproveitado a porta de casa aberta para se esconder no carro que a família utilizou para chegar à cerimônia. O animal atende pelo nome de Ópera e havia sido batizado pela própria criança.

Os corpos de mãe e filha – vítimas do acidente, que matou 10 pessoas e deixou 51 feridos na serra de Pindamonhangaba – são velados na Osan e testemunhas relataram que, durante toda a manhã, o animal permaneceu em volta dos caixões e, em alguns momentos, ficou sentado em uma cadeira do local.

Ambas foram sepultadas juntas na passada terça-feira no Cemitério Municipal da cidade.

A incrível história de amor e respeito mostrada pelo animal vem alimentar ainda mais a ideia de que todos os animais sem exceção, sentem a dor da perda de seus entes queridos.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado