Anciãos maias criaram onça-pintada preta desde filhote e a ligação entre eles é maravilhosa

Para algumas pessoas, certos animais são incapazes de conviver com humanos, por serem selvagens e apresentar riscos. Mas, para outros, isso não existe. Quando era pequeno, um filhote foi encontrado e passou a ser cuidado desde então, pelos hoje anciãos maias.

Parecia um gatinho peludo, mais a verdade era que ele era um filhote de onça-pintada preta. O casal que mora na região de Petén, Guatemala, disse que quando ele era filhote não tinha pintas, era totalmente preto. Com o tempo ele foi crescendo, e o casal que se apaixonou por ele, logo descobriu que se tratava de uma onça.

Sua alimentação a partir dai seria complicada – afinal ele precisava de uma quantidade maior de alimentos. O que então eles poderiam lhe dá para alimentar? Se optassem por carne, que é o que ele deveria comer, isso poderia colocá-los em risco. Mas, mesmo assim eles resolveram cuidar do animal, dando-lhe também amor e carinho.

E parece que funcionou – o animal que obviamente está muito bem alimentado, aparece tranquilo, como um gatinho ao lado do casal, que sorri orgulhoso de ter um gatinho assim.

Quem não se sentiria feliz?


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!