Acabamos de descobrir esses esquilos multi-coloridos vivendo na Índia e estamos apaixonados!

O que boa parte das pessoas pensam quando ouvem a palavra “roedor”? Infelizmente, eles receberam a pecha de pragas, verdadeiros invasores com apetites insaciáveis ​​que espalham doenças e miséria. Só que não!

Eles também podem ser animais domésticos leais e fofos, como muitos proprietários de ratos, camundongos ou hamsters podem atestar!

Agora vamos lhe apresentar uma espécie de esquilo que não somente vai te provar que os roedores são fofos, mas também magníficos! Conheça o Ratufa indica, ou esquilo gigante do Malabar, espécie endêmica da Índia que possui pelos resplandecentes… verdadeiros casacos multicoloridos e incrivelmente elegantes!

Para aqueles que estão acostumados a ver o tradicional esquilo cinzento americano, o esquilo gigante do Malabar será um choque.

Para início de conversa, eles são enormes, podendo atingir até 90 centímetros de comprimentos e pesar 1 kg.

Os tons de preto, marrom e laranja, bem como marrom e roxo que revestem seu corpo podem ajudá-los a se misturar perfeitamente com as cores da floresta, onde passam o tempo pulando de árvore em árvore (eles conseguem saltar seis metros de uma só vez!). Isto é especialmente útil para que eles tenham condições de escapar de predadores, como aves de rapina e leopardos que dividem o habitat natural com eles.

Para nós, no entanto, eles são extremamente chamativos, não?

O Malabar não é muito exigente com a sua dieta e come literalmente o que estiver disponível nas copas das árvores.

Usando suas enormes e espessas caudas para se movimentar, eles procuram flores, cascas, sementes, insetos e até mesmo ovos de aves, se houver algum disponível sem grande esforço. Basta apenas esperar a mamãe-águia voar para longe!

Embora não se saiba muito sobre a população de esquilos gigantes de Malabar, sabe-se que sua população está em declínio.

No momento, eles não estão listados como ameaçados de extinção, mas infelizmente enfrentam outros tipos de ameaças reais; eles são caçados em algumas partes da Índia por conta de seus belos pelos, e seu habitat está sendo gradualmente ameaçado pela invasão humana. Em algumas áreas, eles já desapareceram completamente.

O fotógrafo amador Mohammed Farooq, que vive na bela cidade florestal de Kodaikanal, no estado de Tamil Nadu, sul da Índia, costuma tirar fotos desses esquilos durante sua caminhada matinal diária pela floresta.

“Eu vim para Kodaikanal em 1982 quando era bem jovem; esta cidade era muito menos povoada e tinha muito mais verde por toda parte”, afirmou. “Eu costumava ver esses esquilos por toda a cidade, voando de árvore em árvore, mas lentamente sua população diminuiu até se limitar à floresta. Mas hoje, depois de quase 34 anos, encontrei um! Foi uma grande surpresa para mim.”

Mohammed acredita que um repentino êxodo de pessoas se mudando para a popular cidade turística nos anos 90 foi o que apressou o declínio da população de esquilos Malabar na área. Mas agora eles parecem estar voltando, talvez tendo que se adaptado a conviver com os seres humanos.

Also known as Malabar Giant Squirrel

“Eu acredito que eles não são caçados aqui”, explicou Mohammed. “Muitas pessoas nesta área aprenderam a respeitar a natureza. Eu acho que há um renascimento da população de esquilos aqui. Eles estão voltando.”

Para contribuir no retorno dessas criaturas à Kodaikanal, o Parque Zoológico Rajiv Gandhi está criando alguns animais em cativeiro e estudando seu comportamento. “Queríamos estudá-los geneticamente”, disse o diretor do zoológico, Rajkumar Jadhav.

“Há muitos estudos sobre os tigres, mas pouco se sabe sobre animais menores como este”. Eles também estão estudando o comportamento dos Malabar para entender quantas vezes os animais acasalam, o período de gestação e a expectativa de vida.

Há também boas notícias em outras partes da Índia; a população de esquilos gigantes está aumentando gradualmente no Santuário da Vida Selvagem de Bhimashankar, uma área projetada especificamente para a proteção do esquilo gigante de Malabar.

Um censo descobriu que sua população havia subido 8% no santuário entre 2015 e 2016. Desta forma, parece que estes animais incríveis e estonteantes estão recebendo agora – e finalmente! – o respeito e proteção que merecem em sua nação de origem.

Esperamos que um dia eles voltem a ser tão abundantes quanto no passado.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Tradução e adaptação por Só Animais, da matéria originalmente criada por Bored Panda.